História

A Igreja Batista Candeias, entendendo sua responsabilidade social e vendo a necessidade da comunidade do bairro Luciano Cavalcante, onde a mesma está inserida, começou um projeto de apoio escolar no contra turno com crianças e adolescentes da escola pública.

Em setembro de 2012, Marcos Xavier e Márcia Xavier assumiram a responsabilidade de implantar o então chamado Projeto Voar, sendo este um projeto da Igreja. Teve início com 40 crianças.

No ano seguinte, em 2013, o número de crianças e adolescentes atendidos dobrou. Agora 80 crianças e adolescentes estavam sendo acolhidas pelo Projeto Voar. 

Ano após ano as demandas foram aumentando e novas necessidades foram surgindo. Sendo assim, os desafios só aumentaram, o que levou o Projeto Voar entender a necessidade de criar uma Organização da Sociedade Civil com o propósito de ampliar e atender não só as crianças e adolescentes assistidas pelo projeto, mas também suas famílias e sua comunidade.

Desse modo, em 2014, um grupo de pessoas começou a sonhar e planejar a agora chamada Associação Voar. E foi em agosto de 2015 que lançamos o nosso grande sonho, a formalização da Associação Voar como Organização da Sociedade Civil que hoje atende mais de 100 crianças e adolescentes, com idades de 7 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade social, bem como suas famílias e comunidade.

projeto-infantil-em-fortaleza-associacao-voar-25b2_1.png